domingo, 18 de setembro de 2011

Coisas de Gato... Pt. 1

    Há algum tempo atrás minha mãe e meu irmão caçula acharam uma gatinha na rua, em plena chava, que miava chorando. Com pena, minha mãe recolheu a gatinha e, findado o espediente de trabalho, a trouxe para casa. Era a coisa mais fofa que já vi, branca, com o rabo e as orelhas pretas(parecia uma toca), um coração preto de cada lado do corpo, um botão de ligar(parecia um...) nas costas e olhos verdes.
    Resumindo, ficamos com ela!
    Foi um chamego só. Pelo fato de a encontrarem em uma chuva com raios, foi-lhe dado o nome de Ana Raio. Ela crescia e se desenvolvia rapidamente, e se apegava a nós tanto quanto nos apegavamos a ela... Ela fazia a alegria da nossa casa, com seus miados fraquinhos, suas mordidinhas leves quando queria atenção, seu jeito felino e delicado de andar e nos olhar, de brincar com a gente, de fazer charme e deitar no colo pedindo carinho, até mesmo de mamar na canga da minha mãe fazendo "Grrrrrrr"!
    Infelizmente, num dia de pressa, minha mãe ao sair para levar meus irmãos na escola e correr para o trabalho, não viu a pequena Ana descer correndo as escadas e entrar debaixo do carro. Aliás... ninguém viu!
    Até hoje nos lembramos da nossa pequena e amada Ana com muito carinho e saudade!

Sem comentários:

Enviar um comentário