segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Desastre Natural... ou inatural!!

      Ao ver piscar na tela insistentemente alguma coisa sobre chuva, resolvi parar e prestar atenção às notícias. Eu estava ocupada, mas a tv me chamava, como vento chamando... CHUVA!!!
Fiquei boquiaberta. Nunca imaginei que a chuva pudesse  causar tanto estrago. Cidades inteiras destruidas por um pouco de chuva... ou, muita chuva!
     De certa forma isso me fez parar para refletir sobre as nossas atitudes para com a natureza. Tanta fúria deve ter um motivo, que somos nós e essa nossa mania de achar que podemos tudo, que somos dono de tudo, que dominamos tudo e todos! Pensando dessa forma, tentamos dominar a natureza, construimos onde ela dá claros sinais vermelhos - Por que o homem é superior a ela - , invenenamos os rios com nossos lixos mesmo que eles sejam necessários para a nossa própria sobrevivência - afinal, podemos tratar a água depois -, matamos os animais e derrubamos seus abrigos - mas deixa eles tentarem fazer isso com a casa do homem - ...
     Com tudo isso, como espera o homem não ser vítima da fúria da natureza? Ou, como esperamos não ter concequências desastrosas?